Posts tagged with: moda

Sou gorda, não um balão

Quando escreví minha coluna para o Falar de Moda sobre a Colecção da C&A inspirada na Preta Gil me controlei muito porque enfim, eu estava escrevendo para um site e não podia usar a linguagem coloquial que uso aqui. Mas aqui o Blog é meu e eu falo a palavra chula que quiser.
Véi, na boa, quando entrei naquela loja e ví aquelas roupas franzidas de péssimo gosto eu sinceramente tive vontade de chorar. Eu não sabia se chorava porque eu não saberia o que escrever na minha coluna mais tarde, ou porque tinha uma magra mentindo pra irmã gorda no telefone: “tem um monte de coisa linda aqui!”. Linda só se for pra jovens senhoras conformadas com as porcarias que o mercado plus size enfia goela a baixo na gente. Pra não dizer quadril a baixo.

O que é isso ein?! O que acontece com os estilistas na hora de fazer roupa pra gorda?! Dá branco?!

Começam a franzir tudo, fazer umas estampas medonhas, deixar tudo frouxo e colocar tudo escuro. Bota largo pra disfarçar a gordura, preto emagrece, franzido disfarça e é a fórmula do sucesso. Só pode ser preguiça gente!

Já falei aqui que chamar de gorda não me ofende e que eu não sou vaidosa, mas caramba, não precisa querer me vestir em balões de festas juninas só porque eu sou gorda e achar que tá tudo bem porque não tá não. Vamos estudar tecidos, ergonomia e modelagem porque é pra isso que universidade de moda serve. Gorda não é tudo igual não.

Vamos parar de botar nas araras umas coleções pôdi dessas que vocês me matam de vergonha.

look do dia

Chapéu – Presente da amiga Carlinha
Blusa – Taco
Short – Program
Sapatilha – Moleca
Ecobag – Jinja


O mundo ainda não está preparado para nossa beleza fofa

Quem me acompanha no twitter e no facebook sabe que ontem fiquei muito ofendida com o tratamento absurdo de uma loja que me atendeu super mal. Não, não tenho provas, mas as vendedoras me olharam de cima a baixo e ficou óbvio (pra mim) que não haveria nada na loja para o meu tamanho. E eu saí de lá terrivelmente humilhada enquanto duas vendedoras babavam uma única cliente magérrima.

Ok gente! Eu sei que sou linda, e também já disse aqui que chamar de gorda não ofende, então sem essa de “nem te acho gorda“. Lógico que é o estabelecimento que tem que ter vergonha de me tratar mal, mas na hora a humilhação é tão grande que você só pensa em ir embora. Quer lá reclamar com gerente coisa nenhuma!!!

A verdade é que nem as lojas e nem a sociedade está preparada para lidar com as gordinhas. Se chama de gorda, ou se chama se chama de gordinha, ou se chama de plus size, ou se chama de coisa nenhuma. E as lojas não sabem se tratam como um segmento diferenciado ou se inserem números maiores nas suas araras permeadas de 38. Nem preparam vendedoras vacas como essas para atender direito mulheres que entram em estabelecimentos como esses, mesmo que lá não tenha seu tamanho. E se eu fosse uma doida que viesse aqui escraxar o nome da loja e fazer escândalo?!

O mundo não está preparado para as gordas, mesmo se nós formos lindas e gostosas. Ou eu emagreço ou faço a egípcia pra esse tipo de situação. E devo confessar que não foi fácil.

Look do dia Look do dia cartela de cores

Vestido: Hering
Brinco: Vendedor ambunlante em Jericoacoara
Sapatilha: Feira da Lua (Goiânia)
Bracelete: Forever 21


Chamar de Gorda não ofende, tá?!

“Tu não é gorda não amiga, tu é tão linda…”

Quero saber quem foi que falou que o fato de ser gorda exclui o fato de eu ser linda. Sou linda mesmo, tenho um marido que é amarradão em mim, e tenho plena consciência que se eu botar um decotão e uma maquiagem faço cabeças virarem pra me ver passar. Na boa, tô muito melhor que muita magrinha por aí. Sou gorda e não é segredo pra ninguém: é só me ver que qualquer um percebe. Mas a palavra gorda ainda ofende algumas pessoas, principalmente quem diz. A um tempo atrás uma empresária tentou me chamar para ser modelo de uma coleção plus size que ela estava lançando. Eu digo tentou porque a mulher ficou tão cheia de dedos pra me chamar de gordinha que eu não tive coragem de aceitar: se ela não sabe lidar com o público que ela quer atingir esse babado não pode dar certo.

Eu queria ser gorda?! Óbvio que não. Mas hoje eu já não sei se adoraria ser macérrima e entrar em qualquer loja e comprar o que me agrada. O fato de ser gorda limita pra caramba meu guarda-roupa, mas meu corpo sou eu, eu aprendí a me gostar assim. Quando eu acho algo que me agrade já compro vários parecidos e sempre busco a mesma modelagem depois; acho que por isso toda gorda é meio Mônica, sempre com muitos vestidinhos vermelhos no guarda-roupa. Eu gosto disso?! Nem Tanto! Mas vou fazer o que?! Comprar roupas menores que marquem meu corpo e me fazem sair por aí toda amarrada feito um presunto?! Eu me assumo como gorda, procuro roupas para gordas e tento ficar o mais gata que eu puder com o que o mercado me dá (que cá entre nós não andam sendo tão boas opções).

No fim das contas ser gorda não é motivo pra eu me sentir menor. É só uma junção de fatores hormonais + adorar comer + odiar exercícios físicos. Mudar o nome para plus size não vai alterar o sentido, talvez só maquiar um pouquinho. E enquanto gorda eu acho que o mercado poderia olhar com mais carinho pra gente, mas antes disso as próprias gordinhas devem parar de temer essa palavra: gorda!

look do dia plus size

cartela de cores

Camisa: Sem Marca (já usei ela aqui)
Blusinha: Renner (já usei ela aqui)
Calça jeans: C&A
Bolsa: Santa Malagueta (já usei ela aqui)
Lenço: Adquiri no Bazar Desapego
Sapatilha: Via Uno


Pose, o app pra quem gosta de moda

pose app

Pro desespero do meu marido, eu estou sempre procurando novos aplicativos pra ficar ainda mais apregada no celular. O mais novo queridinho é o Pose: um aplicativo perfeito pra quem gosta de moda. Seja como profissional que busca as tendências e inspirações do momento, ou como consumidor que gosta mesmo é de ficar por dentro. A ideia do aplicativo é ser alimentado por fotos de produtos queridinhos e compartilhar os tão famosos looks do dia.

Não tem erro: é só tirar foto do seu look ou objeto de desejo, postar, e marcar as peças da mesma forma que você faz com as fotos dos amigos no facebook. Ele já oferece as categorias e algumas marcas mais conhecidas, que com o tempo mais marcas vão ficando disponíveis. O aplicativo dá a opção de compartilhar tudinho pelas redes sociais Twitter, Facebook e Tumblr.

pose app

Já tem marca investindo em perfil nessa nova rede social viu, a Opi já está por lá. E o melhor é que essa rede, diferente do instagram, dá a opção de postar e gerenciar o seu perfil pelo computador mesmo, então quem ainda não comprou seu smartphone Apple, Android ou Windows Phone pode participar também!

O aplicativo é gratuito! Vamos brincar?! Já comecei a brincadeira, clica aqui.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...